Performance de projecção visual 

da autoria de Hernando Urrutia 

@hernando_urrutia

A performance consiste na projecção de uma série de imagens realizadas pelo Artista Multidisciplinar e Investigador Hernando Urrutia que abrangem uma série de conceitos e questionamentos atuais sobre o futuro do indivíduo na urbe e as diferentes problemáticas no desenvolvimento tecnológico e sua interação com o cidadão.

 

É um projeto visual que engloba uma seleção de obras de arte digital 2D fixas, como novas narrativas urbanas no contexto da cidade contemporânea.

Os ambientes de um mundo virtual, computacional e eletrónico, as diferentes questões geradas por este nascimento de uma nova era, o pós-humano, e o trans-humano.
Com reflexões sobre as condições futuras do ser humano e a sua ligação com interfaces como as próteses computadorizadas e a criação de novos seres, onde se postula que o corpo humano é biologicamente alterado para enfrentar o mundo futuro.

Localização: Parque de Santa Catarina

*Apresentação única a 29 de Setembro

Imagens Eventos 2021-28.jpg
Imagens Eventos 2021-27.jpg


Biografia:

Hernando Urrutia

Artista Multidisciplinar e Investigador, vive e trabalha no Funchal - Madeira há 18 anos, de nacionalidade Portuguesa.

Candidato ao Doutoramento em Média-Arte Digital, Investigador Colaborador do CIAC (Centro de Investigação em Artes e Comunicação), investigador Convidado do M-ITI ( Madeira Interactive Technologies Institute).

Estudou Artes Visuais, Design Gráfico, Ph/Estudos Avançados em Média-Arte Digital, já realizou mais de 88 formações de pós-graduação e 2 residências artísticas;

Foi Professor Universitário, Coordenador da Área Técnica e Coordenador da Área Profissional em várias universidades.

Foi Júri de Seleção e Prémios em Salões de Arte.

Desde 1990 realizou 23 produções audiovisuais de Vídeo Arte - Animação - Curtas Experimentais - Glitch.

Realizou 21 produções de som e bandas sonoras para curtas-metragens. 

 

Foi professor Universitário em várias Universidades. Colaborador nas publicações: (Revista de Arte) "Cooltzine" de Cooltsalon e Urban Dwellers Collective, de Sófia – Bulgária; Revista de Artes Visuais "Grimoire Fanzine", em Túnis – Tunísia; Revista de Artes Visuais "Zine Without - A Crow", em Wroclaw – Polônia; Revista "Fotografia en Movimiento", em Cidade de México - México.

 

Tem  vindo a receber reconhecimentos e prémios pelo seu trabalho artístico, principalmente nos últimos tempos pelas suas investigações e pelas suas obras de arte digital, gif e vídeo arte na área experimental, selecionadas em convenções internacionais de Festivais, Bienais, Fóruns e Encontros em diversos países.

Expõe profissionalmente desde 1986, participando em mais de 350 exposições coletivas e 15 individuais em mais de 32 países. Representado em mais de 154 coleções públicas importantes em várias Instituições, em países como Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Aruba, Austrália, Brasil, Bulgária, Chile, Colômbia, Croácia, Cuba, Escócia, Espanha, Estados Unidos da América, França, Holanda, Inglaterra, Irão, Irlanda, Itália, Letônia, México, Peru, Polónia, Portugal, Porto Rico, Sérvia, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Venezuela, entre outros.

 

A sua prática artística abrange diversas áreas, com destaque para a vídeo arte, video-instalação, gif, arte digital, instalação, arte sonora, no contexto da tecnologia e da arte contemporânea.

Logo_opencall-01.png

04.

olhAR-TE NA CIDADE:
narrativa visual de arte
digital no espaço urbano